Bem-vindo

Caros amigos,
O site do vinho Negreiros ( www.negreirostinto.com ) foi completamente remodelado e uma das coisas que pedi à web- designer Patrícia Rodrigues (think(out)) foi que me ensinasse a mexer naquilo. Portanto, o site - antes estático - tem agora um capítulo chamado "Ultimas", onde passarei a pôr o que antes punha neste blog, cuja tendência, portanto, é ficar desactualizado. Espero que não se zanguem - e que até gostem da mudança.
Saúde!
Mário Negreiros

Welcome

Dear friends,
The site of Negreiros wine (www.negreirostinto.com) has been completely remodeled and one of the things I asked the web-designer Patricia Rodrigues (think (out)) was to teach me how to manage it. So, the site - before static - now has a chapter called "Latest", where I will post the things I used to put on this blog, whose tendency is therefore to be outdated. I hope you do not get angry - and even like the change.
Cheers!
Mario Negreiros

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Os meus primeiros 500


Prezo a amizade como um dos principais patrimónios a construir numa vida. E não acredito que haja coração capaz de guardar mais do que, digamos, 15 amigos dignos desse nome. Nessa perspectiva, não me agrada a banalização da palavra “amigo” no Facebook. Melhor seria chamá-los de parceiros, o que já não é pouco, na medida em que pressupõe interesse mútuo, confiança, solidariedade, compreensão, boa-fé – uma série de valores nobilíssimos e inerentes, também, a uma amizade.
Isto tudo porque, no dia 25, pus o vinho Negreiros no Facebook e, uma semana depois, já contava 500 parceiros – gente que demonstrou algum (e tenho consciência de que nesse “algum” cabe uma variação enorme de intensidade) interesse no que fazemos.
É aí que entra outro valor importante: a gratidão. Serve este para manifestar a minha real e genuína gratidão a cada uma das já mais de 500 pessoas que se tornaram, através do Facebook, parceiras do nosso projecto, e, muito especialmente, às que, a partir do Facebook, passaram a seguir o blog do Negreiros.
Essa gratidão alimenta a minha vontade de contribuir tanto quanto possível para enriquecer o blog e os posts do Facebook (em que sou neófito – ainda não percebi como usar muitas das suas funcionalidades) mas, acima de tudo, de me esmerar no vinho, nele próprio, até porque, como já o fez notar Vinicius de Moraes, “não há notícias de alguma grande amizade nascida numa leitaria”.
Obrigado!
Mário Negreiros

Sem comentários:

Enviar um comentário