Bem-vindo

Caros amigos,
O site do vinho Negreiros ( www.negreirostinto.com ) foi completamente remodelado e uma das coisas que pedi à web- designer Patrícia Rodrigues (think(out)) foi que me ensinasse a mexer naquilo. Portanto, o site - antes estático - tem agora um capítulo chamado "Ultimas", onde passarei a pôr o que antes punha neste blog, cuja tendência, portanto, é ficar desactualizado. Espero que não se zanguem - e que até gostem da mudança.
Saúde!
Mário Negreiros

Welcome

Dear friends,
The site of Negreiros wine (www.negreirostinto.com) has been completely remodeled and one of the things I asked the web-designer Patricia Rodrigues (think (out)) was to teach me how to manage it. So, the site - before static - now has a chapter called "Latest", where I will post the things I used to put on this blog, whose tendency is therefore to be outdated. I hope you do not get angry - and even like the change.
Cheers!
Mario Negreiros

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Coisas do Arco do vinho

A garrafeira “Coisas do Arco do Vinho” é terrível.
Nenhum vinho entra nela sem antes passar por uma das mais credíveis provas cegas de Portugal.
Os vinhos são apresentados ao corpo de provadores sem nenhuma referência – nem de preço, nem de ano, castas ou regiões – e dizem que tem havido grandes surpresas – umas boas, outras más.
No Painel de Prova Cega feito em Outubro, com quinze vinhos tintos de todo o país, servidos aos provadores Carlos Borges, João Quintela, Jorge Sousa, Luisa Corbal, Nuno Garcia e Rui Rodrigues, o “Negreiros 2007” ficou em terceiro (o primeiro colocado – ahrgnnnrrr! – foi o Herdade de Servas Touriga Nacional 07 e o segundo – grrrrrr! – foi o Luís Duarte Rubrica 08).
Parabéns a nós os três!

2 comentários:

  1. A prova do "Arco do Vinho" é conhecida pela seriedade e exigência. Passar, ainda por cima num muitíssimo honroso terceiro lugar, é motivo para os grandes e merecidos parabéns que daqui envio para os responsáveis pelo Negreiros. Saúde!

    ResponderEliminar
  2. É sem dúvida uma garrafeira de referência. Sempre que estou em Lisboa vou ver o que há de novo lá. Hoje chega um amigo de Lisboa trazendo 12 garrafas da garrafeira. Teremos um almoço regado à vinhos portugueses com a chancela da Coisa do Arco do Vinho, garantia de um grande encontro! Da próxima vez vou provar o Negreiros, que, com o aval da garrafeira, será mais um tiro no alvo dos bons vinhos portugueses. Enosaudações!José Alfredo Corrêa - josealfredo@jacorreadi.com.br

    ResponderEliminar