Bem-vindo

Caros amigos,
O site do vinho Negreiros ( www.negreirostinto.com ) foi completamente remodelado e uma das coisas que pedi à web- designer Patrícia Rodrigues (think(out)) foi que me ensinasse a mexer naquilo. Portanto, o site - antes estático - tem agora um capítulo chamado "Ultimas", onde passarei a pôr o que antes punha neste blog, cuja tendência, portanto, é ficar desactualizado. Espero que não se zanguem - e que até gostem da mudança.
Saúde!
Mário Negreiros

Welcome

Dear friends,
The site of Negreiros wine (www.negreirostinto.com) has been completely remodeled and one of the things I asked the web-designer Patricia Rodrigues (think (out)) was to teach me how to manage it. So, the site - before static - now has a chapter called "Latest", where I will post the things I used to put on this blog, whose tendency is therefore to be outdated. I hope you do not get angry - and even like the change.
Cheers!
Mario Negreiros

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Senhora da Ribeira


Docelina, a feliz proprietária e cozinheira e etc da Pousada da Senhora da Ribeira (27 864 9422) - único restaurante do mundo onde pode beber um Negreiros que não tenha viajado mais do que 1 Km entre a adega e o seu copo.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Vindimas 2009


Setembro acabou de chegar e as vindimas no Douro – ou nas quintas que estavam atentas – já começou. Falei com gente que está nisto há 30 anos e ninguém se lembra de vindimas tão tempranas (aquecimento global?) .
Soube de quem colhesse uvas com mais de 16% de álcool provável. Por aqui, temos nos mantido em civilizados 14%. – tanto na Roriz quanto na Touriga Nacional, quanto no que chamamos de “vinha velha”, que, à moda dos antigos, foi enxertada com as castas (Roriz, Barroca, Touriga Franca e Touriga Nacional) misturadas.
Abaixo, algumas imagens desta vindima.

Chegada


A chegada das uvas ao desengaçador, a vigilância de Brito e Cunha – “passas” (porque demasiadamente concentradas em açúcar) e “netas” (porque com toques de verde) não entram.

pedra, uva, pedra, uva...


Dois lagares de Touriga Nacional (resfriada antes de entrar no desengaçador).

Amigos


Uma proveta e, nela, um pesa-mostos e um termómetro (os melhores amigos do vinicultor – depois das uvas, do solo, do clima, do enólogo e, claro, do consumidor).